➤ Como Fazer Um Blog De Sucesso

27 Nov 2018 07:54
Tags

Back to list of posts

[[image https://cdn.pixabay.com/photo/2016/12/16/15/47/network-1911678_960_720.png"/>

<h1>Logomarcas Vetorizadas De gra&ccedil;a!onde Baixar?</h1>

<p>Nunca houve tanta gente no Brasil interessada em abrir o respectivo neg&oacute;cio. A principal explica&ccedil;&atilde;o &eacute; o desemprego, que atingiu doze milh&otilde;es de pessoas em setembro, o que vem estimulando o trabalho aut&ocirc;nomo e a abertura de micro e pequenas organiza&ccedil;&otilde;es. Pra especialistas, no entanto, v&aacute;rias decis&otilde;es est&atilde;o sendo tomadas no desespero e sem planejamento, o que se intensifica as oportunidades de fracasso. Conhe&ccedil;a a acompanhar alguns caminhos pra abrir um neg&oacute;cio de nanico investimento e ficar distante da quebradeira. O primeiro semestre de 2016 foi hist&oacute;rico: pela primeira vez, mais de 1 milh&atilde;o de pessoas fizeram registro de CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jur&iacute;dica) num tempo de seis meses. 60 1000. A cada ano, mais de um milh&atilde;o de pessoas entram nessa categoria, que inclui manicures, cabeleireiros, jardineiros, motoristas, entre outros. A alta dos pequenos neg&oacute;cios bem como &eacute; verificada pelo avan&ccedil;o do Supersimples, a modalidade de tributa&ccedil;&atilde;o que concede impostos mais baixos para empresas de pequeno porte. Enio Pinto, gerente de Atendimento Individual do Sebrae Nacional (Servi&ccedil;o Brasileiro de Suporte &agrave;s Micro e Pequenas Organiza&ccedil;&otilde;es).</p>

<p>Ele destaca, todavia, que muita gente “est&aacute; empreendendo n&atilde;o por causa de &eacute; vocacionada, todavia por indispensabilidade de sobreviv&ecirc;ncia”. Antes da decad&ecirc;ncia econ&ocirc;mica, o Sebrae estimava em at&eacute; 70% o n&uacute;mero de empreendimentos abertos por chance e 30% os neg&oacute;cios por necessidade. Imediatamente est&aacute; meio a meio, o que gera “grandes preocupa&ccedil;&otilde;es”. — Quem empreende por inevitabilidade domina que o seu empreendimento &eacute; tempor&aacute;rio, desta maneira ele n&atilde;o investe em tal grau pela qualifica&ccedil;&atilde;o como empreendedor. Ele pensa que est&aacute; ali at&eacute; localizar um emprego, regressar para o mercado. Como &eacute; tempor&aacute;rio, obrigatoriamente ser&aacute; um servi&ccedil;o prec&aacute;rio. N&atilde;o ir&atilde;o ter v&aacute;rios investimentos pela organiza&ccedil;&atilde;o nem ao menos no profissional como gestor, e a oportunidade de ele quebrar em curto per&iacute;odo &eacute; muito maior do que aquele que empreende por chance.</p>
<ul>
<li>CRIE HASHTAGS Pra Sua IES</li>
<li>Fa&ccedil;a An&uacute;ncios no Facebook Como Filiado e Ganhe Dinheiro</li>
<li>Renda extra: 23 maneiras de ampliar seu or&ccedil;amento no final do m&ecirc;s</li>
<li>Obtenha links dos seus prestadores de servi&ccedil;o</li>
<li>3- Meta Smart: Saiba como conseguir seus sonhos</li>
<li>13 RE: Patrim&ocirc;nio Imaterial do Brasil</li>
<li>4- Trouxe &aacute;gua</li>
</ul>

<p>Jos&eacute; Rubens Oliva Rodrigues, diretor de microfranquias da ABF (Agrega&ccedil;&atilde;o Brasileira de Franchising), destaca o desenvolvimento do setor de franquias mesmo nos anos recentes de decad&ecirc;ncia econ&ocirc;mica, em especial o dos pequenos neg&oacute;cios, que costumam amadurecer mais. 139,5 bilh&otilde;es. Esse ano tamb&eacute;m haver&aacute; desenvolvimento, por&eacute;m num ritmo menor. Do mesmo jeito que o diretor da Sebrae, Oliva Rodrigues alega que a afinidade pelo segmento escolhido &eacute; o principal fator de sucesso ou fracasso dos empreendimentos. — O vasto defeito hoje &eacute; a pessoa escolher a franquia pelo valor do investimento, e n&atilde;o pelo segmento.</p>

<p>Isso talvez pode transportar ao preju&iacute;zo. Com tantos neg&oacute;cios por necessidade, a expectativa &eacute; de que a taxa de mortalidade das corpora&ccedil;&otilde;es nos 2 primeiros anos de atua&ccedil;&atilde;o, que gira em torno de 25% a 30%, aumente daqui com o objetivo de frente, segundo o gerente do Sebrae. — Isto tem que prosseguir acontecendo nos pr&oacute;ximos dois a quatro anos, muito em atividade do amadorismo de quem empreende por indispensabilidade. E &eacute; bastante perceb&iacute;vel, j&aacute; que o sujeito est&aacute; apertado e tem que fazer dinheiro, portanto abre qualquer coisa correndo sem muito planejamento, sem preparo e sem estudo.</p>

<p>Como n&atilde;o entrar num barco furado? A vantagem imediata de se abrir um an&atilde;o neg&oacute;cio &eacute; que o investimento inicial &eacute; mais mi&uacute;do. Mesmo em vista disso, diz Pinto, um planejamento m&iacute;nimo &eacute; preciso. O Sebrae sugere tr&ecirc;s primeiros passos antes de embarcar pela jornada do empreendedorismo. Primeiro, fazer uma autoavalia&ccedil;&atilde;o, uma reflex&atilde;o pessoal, para localizar se o potencial empres&aacute;rio tem mesmo caracter&iacute;sticas pra empreender. Em seguida, &eacute; preciso fazer uma avalia&ccedil;&atilde;o de mercado, quer dizer, uma an&aacute;lise de fregu&ecirc;ses, concorrentes e fornecedores.</p>

<p>Depois de as duas etapas, &eacute; hora de fazer contas: h&aacute; dinheiro pra isso? Quanto vai custar a opera&ccedil;&atilde;o? H&aacute; inevitabilidade de contratar funcion&aacute;rios e pagar aluguel? Qual a vis&atilde;o de faturamento? Desse momento, quem puder preservar uma reserva t&eacute;cnica de seis meses pro funcionamento da empresa neste momento larga na frente, diz o gerente (leia mais dicas ao encerramento).</p>

<p>— Ter os recursos pr&oacute;prios &eacute; a melhor op&ccedil;&atilde;o, por causa de j&aacute; come&ccedil;a com um gasto a menos, sem ter de pagar a bancos ou a terceiros. Al&eacute;m do mais, se puder abrir m&atilde;o de um s&oacute;cio e empreender com a fam&iacute;lia, &eacute; menos um pra dividir os poucos recursos que ter&aacute; num primeiro instante. Foi exatamente isto o que fez o nesta hora consultor de piscinas Pedro Am&eacute;rico Espanhol, de trinta e um anos, que h&aacute; 9 meses comprou uma franquia da iGUi Trata Bem, onde trabalha ao lado da mulher.</p>

<p>Depois de trabalhar tr&ecirc;s anos como vendedor de ve&iacute;culos, ele viu o setor ser tragado pela queda econ&ocirc;mica, levando perto seus rendimentos e comiss&otilde;es. Ele aproveitou as facilidades da concession&aacute;ria onde trabalhava para adquirir um caminh&atilde;o e atuar pela entrega de mercadorias em S&atilde;o Paulo. Contudo as vendas online das empresas para as quais prestava servi&ccedil;o assim como estavam capengas. Deste modo, ele passou a procurar por uma franquia de menor custo.</p>

<p>Espanhol vendeu teu caminh&atilde;o, deixou a casa onde vivia de aluguel e reformou a casa da sogra pra viver com a mulher. Quinze mil para recome&ccedil;ar a vida. — As organiza&ccedil;&otilde;es ofereciam um sal&aacute;rio muito pequeno. A&iacute; pensando no valor que eu ia obter numa corpora&ccedil;&atilde;o, decidi trabalhar pra mim mesmo. Olhando pra minha carga de conhecimento e disponibilidade, procurei presta&ccedil;&atilde;o de servi&ccedil;os. No in&iacute;cio de 2016, ele visitou a feira de empreendedorismo do Sebrae e buscou sugest&otilde;es sobre isto outras franquias. Com experi&ecirc;ncia em el&eacute;trica e hidr&aacute;ulica de resid&ecirc;ncias, ele procurou primeiro as franquias de servi&ccedil;os gerais pra casas.</p>

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License